Pensamentos Hipotéticos > Sobre gostar…

18 12 2007

Tava pensando esses dias sobre o gostar, não só sobre amar, pois para isso tenho todos os poetas, músicos, cineastas, romancistas e leigos do mundo. Estive pensando sobre aquele sentimento que antecede o amor e que continua mesmo depois que ele acaba, ou mesmo que não se transforma em algo mais, ou seja, um gostar que não tem pretensões, ele existe e pronto. O gostar de graça, o relevar aquilo que você não entende, é aceitar que o sentimento é maior do que o seu egoísmo de querer que a pessoa seja como você idealiza. Falo por experiência própria, pois demorei muito até entender isso que agora escrevo, e acreditem não foi fácil, mas de uma lágrima foi derramada no processo.

Você pode achar meu texto dramático ou mesmo que sofro de amor reprimido, mas, posso garantir, que se você olhar com atenção as suas relações vai perceber que há sim aquela pessoa de quem você gosta de graça, que você acha que faria tudo por ela, mesmo que ela não peça, mesmo que não receba nada em troca. Às vezes é difícil entender isso até por que quando se gosta de uma pessoa se quer entende-la, ajudar, conhecer cada pensamento ou aflição.

Mas sabe de uma? Às vezes a pessoa não quer, simples assim. O motivo não importa, sejam traumas do passado ou mesmo a personalidade do outro, a pessoa não quer que você tenha esse conhecimento ou até mesmo não quer sua ajuda. Ai vem a duvida, será que a pessoa não gosta de você? Não quer sua amizade? Não, nada disso, simplesmente, isso eu aprendi durante o processo, que as pessoas são diferentes e, principalmente, que nunca peça do outro aquilo que ele não vai poder dar. Muitas vezes não por que não queira, mas por que não é assim que ele age ou mesmo por que não sabe. Outra coisa importante é que se você idealizar demais uma pessoa e esperar dela sempre aquilo que você mesmo faria pensando que só daquela forma se demonstra realmente afeto acredite você vai sofrer demais.

Dizem que o bom da vida esta nas coisas simples, e o mesmo se aplica aqui, as pessoas por serem diferentes demonstram seu gostar de diversas formas também, e às vezes essa demonstração é tão diferente da que fazemos que muitas vezes não reconhecemos. Mas é simples perceber, quando se vê que a pessoa fez algo que não é da personalidade dela, seja ir em lugares que nunca iria, seja ver filmes que nunca pensou, ou mesmo agüentar TPM’s, acredite essa pessoa gosta e quer esta com você.

Ok, reconheço esse texto foi bem dramático mas o único objetivo dele é simplificar algo que já é simples e que nós, nós digo eu e vocês, adoramos complicar, mas o que eu quero deixar registrado é: não cobre apenas goste.

Gaby

Anúncios

Acções

Information

2 responses

1 10 2008
Anónimo

e mt fixe

2 12 2013
Joanna Maria D'arc

VIVENDO E APRENDENDO!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: