FOMM > Julia e a armadura…

29 05 2008

Decidiu que nunca mais choraria por aquilo outra vez. Enxugou a lágrima solitária e vestiu a armadura. Ela precisaria de tempo outra vez, para pode digerir suas lembranças. Saiu sem rumo, apenas ela e sua velha armadura. Fixou ser olhar no infinito e andou sem rumo, quando parou, por causa do cansaço, já não sabia aonde estava. Agora sim estava perdida de corpo e alma.

Olhou para o lado e viu as pessoas passando. Sentiu-se invisível, apesar da grande e pesada armadura que carregava. Será que ninguém a via carregar tanto peso sozinha?

Queria voltar, mas não sabia por onde. Notou que um rapaz a fitava, então em meio ao pânico, largou a armadura no chão e saiu correndo sem rumo.

Samy

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: